Quem SOMOS

Somos o Projeto Madre Teresa de Calcutá, nascido em julho de 2010, através da experiência com Deus, que por sua graça nos inspirou o carisma de evangelizar os jovens com enfoque no serviço aos menos favorecidos aliando a evangelização com o cuidado aos pobres através da prática da Caridade.

Ligados à Igreja Católica Apostólica Romana através da Diocese de Patos–PB, temos como mantenedora a Associação Santa Teresa de Calcutá sem fins lucrativos e situados à Rua Antônio Palmeira, S/N, bairro da Maternidade em Patos – PB e com a devida autorização por parte da figura do bispo para atuarmos em toda a circunscrição eclesiástica desta porção do povo de Deus.

 

O Projeto Madre Teresa de Calcutá sobrevive de doações de benfeitores e do voluntariado doado através do serviço e do desprendimento de seus membros ou parceiros que se unem na missão de levar Cristo e sua palavra para saciar a fome espiritual bem como vivenciar a solidariedade e a fraternidade na prática cotidiana.

NOSSA MISSÃO

Obedientes ao que nos vocaciona o próprio Deus e nos suscita o Santo Espirito temos a missão primordial de levar as pessoas a conhecerem e a fazerem a experiência com a pessoa de Jesus Cristo e, consequentemente traduzindo em gestos a concreta opção preferencial pelos pobres.

 

Atuamos em duas vertentes: a espiritualidade e a obra social.

 

No que tange a espiritualidade vivenciamos através de retiros, encontros, formações, adorações, participação da Santa Missa além da oração pessoal e comunitária obrigatória e comum a todos os seus membros.

 

Já no que se refere à obra social essa é inspirada por uma frase do grande São João Paulo II: “A maior pobreza do homem é a falta da pessoa de Jesus Cristo” que nos motiva a não apresentar apenas o pão físico, mas antes dar o pão da vida que sacia nossa alma.

 

A obra social é desenvolvida através da visitação em áreas de risco, distribuição de refeições, partilha de cestas básicas, doação de kits de higiene em asilos ou quaisquer outras ações compatíveis com os recursos disponíveis.

 

“Amar e servir” é o binômio do Projeto Madre Teresa de Calcutá tendo sempre em mente que não devemos ser assistencialistas, mas antes devemos cumprir a missão evangélica como fazia nossa inspiradora a Beata Madre Teresa de Calcutá embora sofresse as incompreensões e humilhações fazendo o possível e sobretudo o impossível para atender as demandas dos irmãos carentes que acorriam ao seu abraço acolhedor e misericordioso e encontravam abrigo.

PALAVRAS DO FUNDADOR

“Caritas Christi urget nos!” – “O amor de Cristo nos impele!” (2Cor 5,14). A nossa experiência se assemelha a daquelas mulheres que viram o sepulcro vazio e correram para anunciar que Jesus estava vivo. Este, desde os primeiros dias desta obra, foi o nosso grande escopo: gritar para o mundo que
Deus é uma realidade atual, nova e viva.

Fomos interpelados pelo o amor do Senhor que nos chama a não pararmos em nosso comodismo, isto é, em nós mesmos, mas sairmos, por amor, ao encontro do homem sedento de Deus. Afinal, o amor é sempre dinâmico!

Muito me é cara a frase do meu amado Papa Bento XVI, “Quem não dá Deus, não dar o suficiente”. Tenho a impressão de que o mundo insiste em produzir uma pseudoimagem da Igreja, dos santos, etc. As pessoas têm a
tendência de olhar para Madre Teresa ou São Francisco de Assis e equipará-los ao assistencialismo. Ora, nomeadamente, antes de fazer uma preferência pelos pobres, os santos fizeram uma opção pelo Cristo pobre. Isso faz toda diferença! Cristo não é somente o meio ou fim da minha ação, mas o início, meio e fim. Ele é a razão de tudo. Dando-o ao mundo, ofereceremos o melhor que poderíamos dar! Nas palavras de Madre Teresa, respondendo a um jornalista que a questionava porque tantas jovens deixavam tudo para cuidar
de leprosos: “Tudo o que fazemos é por amor a Jesus Cristo!”.

João Victor Fernandes Nogueira

Fundador do Projeto Madre Teresa

© 2010 - 2020 Associação Santa Teresa de Calcutá - By: CDC