Blog PMTC

  • Projeto Madre Teresa

Para conhecer e amar Nossa Senhora



Caro leitor, estamos iniciando, a partir de hoje, uma série de textos formativos apresentados pelo Diácono Gildenor da Silva através do portal psmadreteresa.org. Inicialmente, trataremos de ensinamentos sobre a Virgem Maria, em honra ao mês especial dedicado à Mãe, sempre amparando-nos em escritos fundamentais da teologia mariana. Em seguida, mergulharemos mais a fundo nas verdades e experiências da nossa fé. Tornar o conhecimento sobre a fé que professamos de modo dinâmico é sempre porta aberta para que descubramos as belezas do Eterno. Uma boa e frutuosa leitura!


O Concílio Vaticano II foi um marco na renovação da vida e da missão da Igreja. Renovou também a Liturgia e a Mariologia, que aparecia separada do resto da Teologia. O Concílio favoreceu para que a Mariologia fosse integrada neste conjunto, com perspectivas mais bíblicas e existenciais, além de contarmos com as Sagradas Escrituras, fonte do tratado a respeito de Maria. A constituição dogmática Lumen Gentium ainda sublinhou o aspecto do lado humano de Maria, mostrando-a como uma mulher livre e de fé, pessoa consciente e responsável, que cooperou ativamente no projeto salvífico de Cristo.

Maria está situada na economia da salvação, está no coração do mistério de Cristo e da Igreja. É venerada como Mãe dos cristãos na ordem da graça, é o modelo da Igreja e o exemplar dos cristãos; é parte integrante e essencial da história da salvação. Em 1970, o então Papa Paulo VI afirmava que ela não é uma circunstância ocasional, secundária, insignificante: ela é parte essencial do mistério da salvação. Cristo veio a nós por meio dela, por obra do Espírito Santo. Portanto, sua participação não é uma suposição ou algo indispensável.

Diante dos desafios culturais e religiosos em que estão mergulhados os cristãos, é cada vez mais urgente e necessário a formação atual acerca da figura da Mãe de Jesus, para melhor venerá-la com amor, ardor e piedade correta. Os cristãos devem realizar um culto especial a Maria, embora essencialmente distinto da adoração que se presta a Deus, buscando ao honrá-la, honrar seu filho. A figura de Maria está em voga, destaque em nossa época. Há muito interesse pela figura da Mãe, pois é considerada um dos símbolos religiosos mais venerados ao lado da Cruz, sobretudo a partir da metade do século XIX, quando da chamada “explosão do sagrado”, segundo estudiosos contemporâneos. Muitos são os documentos, celebrações e orações da Igreja Católica que destacam seu papel importante na história da salvação.

O culto à Virgem Maria ocupa um lugar de destaque na Igreja, como um sinal característico da piedade popular. “Se quisermos ser cristãos, devemos ser marianos”, diz o teólogo Severino Alonso. A vida mariana é marca fundamental da existência cristã. Sua devoção é fonte de vida cristã profunda, fonte de compromisso com Deus e os irmãos, como afirmou Paulo VI.

O Brasil nasceu nos braços da Virgem Maria porque a primeira invocação neste país foi de “Mãe da Esperança”. A história do Brasil parece um imenso andor de Nossa Senhora, carregado pelo povo humilde através dos tempos. No Brasil há cerca de 38 catedrais, 198 dioceses e 13 prelazias dedicadas a ela. O título mais destacado é de Nossa Senhora da Conceição, sendo 5 catedrais e 296 paróquias assim intituladas.

Maria é exemplo das virtudes teologais. Modelo de fé, onde durante toda sua vida creu em Deus e em tudo o que Ele disse e revelou. A Igreja inspira-se em sua fé, que não vacilou em nenhum instante de sua missão; ela não cessou de crer no cumprimento da Palavra. É Virgem da espera pacienciosa ao não atropelar os planos divinos e também se caracterizou pela caridade cristã, sobretudo no amor aos pobres, desafio permanente de vida eclesial.


· MARIOLOGIA


Mariologia é um termo grego que significa “discurso ou estudo de Maria”. É parte da Teologia que estuda a figura, o mistério, a missão e o significado dela na história da salvação. É a ciência teológica que investiga, esclarece e aprofunda a presença atuante de Nossa Senhora no mistério da Cristo e da Igreja. O estudo da Mariologia com solicitude e seriedade ajuda os cristãos a renovarem e aprofundarem seu culto autêntico para com a Mãe do Salvador.











*Daremos continuidade ao nosso estudo nas próximas semanas, abordando mais conhecimento sobre a mariologia, e de modo especial, as verdades sobre os dogmas marianos.



Diácono Gildenor da Silva Oliveira,

Diocese de Patos - PB

20 visualizações