Blog PMTC

  • Projeto Madre Teresa

Oração à Misericórdia

Muitos amam todos os tipos de devoções, porém raros amam as da Cruz. Ó Jesus, Tu que sofrestes todos os tipos de dores e fostes terrivelmente tentado na agonia no horto das Oliveiras, onde se iniciava as dores da Tua paixão, peço-lhe hoje, amado do Pai! que afaste de mim este cálice, fortifica-me para que eu fique Contigo na agonia quando for tentado, pois, sou capaz de Ti vender assim como Judas, somente para satisfazer as minhas vontades e desejos desordenados pelo meu egoísmo.


Livrai-me ó Jesus, de tamanha desgraça que é se afastar de Ti, pois Tu és minha única esperança e minha paz, essa que não está nas consolações e nem nos acontecimentos ordinários da nossa vida, mas a paz de quem está Contigo, os santos apóstolos na medida em que eram perseguidos guardavam a Tua paz, pois não se afastaram de Ti.


Jesus, fostes também flagelado e humilhado com uma coroa de espinhos, o Rei dos reis, na Tua sagrada face deram socos e cusparadas e por amor não virastes o rosto. Eu, por Ti, não consigo fazer violência contra mim mesmo, visto que onde o orgulho, a presunção e a vaidade vencem não há fortaleza. Diante da Verdade em que nada esconde, meu Senhor, caem todas as máscaras, me faço o réu e o juiz de todos os meus pecados, tudo cai por terra me fazendo descobrir que sou o principal inimigo que posso encontrar. Confiante piamente em Tua misericórdia, me agarro ao Teus pés e prostrado no chão, clamo como os cegos de Jericó: "Tem de piedade de mim, filho de Davi".


Livrai-me de mim mesmo. Me sinto acolhido no lugar onde, diante do Sacerdote, tomo o mais limpo dos banhos: o da misericórdia. O que antes me atormentava não está mais ali e guardo a paz, a paz de está em Ti, meu Jesus!

Amém

0 visualização