Blog PMTC

  • Projeto Madre Teresa

CNBB lança recomendações para a retomada dos fiéis nas celebrações litúrgicas em tempos de pandemia


A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) publicou no último dia 21 de maio as orientações devidas para celebrações comunitárias diante do cenário atual de pandemia, tendo em vista a necessidade da proteção e a preservação da vida.


A CNBB sugeriu que as comunidades, dentro das realidades de cada diocese, adotassem medidas para quando a retomada da participação comunitária nas liturgias fosse possível, tais como:


- Os fiéis que se sentem doentes e apresentam sintomas não devem ir à Missa. Ainda assim, eles poderão receber a comunhão em casa através do serviço dos ministros da comunhão;

- Aqueles que pertencem aos grupos de risco não devem frequentar a Missa dominical, mas escolher participar das celebrações durante a semana, onde se sabe que há menor quantidade de fiéis;

- Evitar que os fiéis toquem em maçanetas ou puxadores de porta. Portanto, deixar as portas abertas antes do horário das celebrações;

- Proposição para as comunidades organizarem equipes de acolhida que auxiliem os fiéis no cumprimento das normas de proteção;

- O uso de máscara torna-se obrigatório, e só deve ser retirada no momento da Comunhão, ainda dentro dos cuidados necessários;

- Todos aqueles que puderem participar das celebrações devem higienizar as mãos com produtos desinfetantes antes de entrar na igreja;

- Deve haver distância mínima de segurança entre participantes nos bancos das igrejas;

- Durante a Apresentação das Oferendas, o recolhimento do dízimo não será feito, mas será realizado à saída da igreja por uma equipe responsável;

- O sacerdote e o diácono, se estiver presente, devem desinfetar as mãos antes da apresentação dos dons. Apenas o sacerdote e o diácono (não os acólitos) pegam nas oferendas e nos vasos sagrados;

- Os utensílios litúrgicos devem ser manuseados sob o uso de máscaras e luvas descartáveis;

- Respeito ao distanciamento necessário por parte dos fiéis durante a procissão para a Comunhão;

- A Comunhão será distribuída exclusivamente nas mãos, devendo todos comungar na frente dos ministros.


O documento completo com todas as medidas necessárias está disponível na íntegra. Baixe o download e confira:



ORIENTAÇÕES CNBB PDFpdf


0 visualização