Blog PMTC

  • Projeto Madre Teresa

A Ação Profética e Missionária da igreja Católica em Tempos de Pandemia

Diocese de Patos


A atual andemia, provocada pelo  novo coronavírus (COVID – 19), tem preocupado famílias, organizações diversas, igrejas e governos em várias partes do mundo. São imensuráveis os seus diversos impactos econômicos e sócias que se alastram mundo afora numa velocidade espantosa.


Diante dessa grave e ameaçadora realidade, o papa Francisco tem traçado e indicado caminhos a serem seguidos por toda a igreja católica. Na sext-feira, 27 de março, o santo padre realizou comovente oração especial pelo fim da referida pandemia, na Praça de São Pedro, no Vaticano, que estava vazia e chuvosa. Ao lado, no interior da Igreja, também estava o Crucifixo Milagroso de Roma, o mesmo usado por fiéis, pela última vez, no ano de 1522, pedindo o fim da Peste Negra.


No  dia 28 de março, o papa Francisco encaminhou uma carta  ao presidente da Comissão Pan-Americana de Juízes para os Direitos Sociais, dr.  Roberto Andrés Gallardo, apreciando as medidas até então adotadas por governos e que colocam a saúde social em primeiro lugar. Em um dos trechos da carta, assim escreveu o santo padre: “estamos todos preocupados com o crescimento, em progressão  geométrica, da pandemia. Estou feliz com a reação de tantas pessoas, médicos, enfermeiros, enfermeiras, voluntários, religiosos, sacerdotes que arriscam suas vidas para curar e defender as pessoas saudáveis do contagio”.


Seguindo as orientações do papa Francisco e da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a diocese de Patos, sob o pastoreio de Dom Eraldo Bispo da Silva, tem mobilizado suas forças vivas e estimulado a implementação de várias iniciativas de evangelização, esclarecimento, ação solidária e incidência política no sentido de prevenir e cuidar dos mais necessitados. Vale destacar que a campanha da fraternidade deste ano trás como tema “fraternidade e vida: dom e compromisso” e como lema, “viu, sentiu compaixão e cuidou dele”.


Como uma das primeiras medidas tomadas pelo senhor bispo diocesano, Dom Eraldo Bispo da Silva, foi elaborada e publicada uma Carta de Orientações e Recomendações para todas as paróquias, no sentido de suspender, por 90 dias, todas as atividades religiosas, com aglomeração de fiéis, tais como missas, encontros, batizados, crismas, casamentos… como forma de prevenção ao contágio de pessoas pelo novo coronavírus. A partir desta medida, todas as missas no território da diocese de Patos estão sendo restritas ao celebrante acompanhado de uma pequena equipe de celebração, com o necessário e indispensável apoio das equipes paroquiais da Pastoral da Comunicação (PASCOM) na veiculação das mesmas, através da internet. Além dessa  iniciativa, várias outras foram tomadas conforme segue:

  • Carta do Bispo Diocesano às Secretarias Municipais de Saúde, propondo parcerias e colocando à disposição das referidas secretarias, estruturas paróquias, meios de comunicação e outros recursos que possam apoiar e fortalecer iniciativas de prevenção e combate ao coronavírus;

  • A Diocese disponibilizou recursos da ordem de 55.000,00 mil reais, para aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPI`s) para as várias casas e instituições de saúde: Hospital Regional de Patos, Hospital Infantil, Maternidade e UPA. No momento, estão sendo adquiridas 5.000 máscaras a serem utilizadas nos referidos ambientes;

  • Mensagens em vídeo do Bispo Diocesano e de diversos padres, orientando fiéis e toda a sociedade sobre os cuidados necessários para a prevenção e controle da pandemia;

  • A paróquia de Nossa Senhora da Guia, através da Casa da Misericórdia e do Projeto Catedral Solidária, tem distribuído, diariamente, de segunda a sábado, café da manhã e almoço para cerca de 100 pessoas em situação de rua e famílias carentes;

  • A Pastoral da Pessoa Idosa, participou de diálogo com a Secretária Municipal do Desenvolvimento Social para a realização de uma busca ativa das pessoas em situação de rua. A ação resultou no cadastro e acolhimento de várias pessoas hoje atendidas em um espaço da prefeitura denominado Centro Dia do Idoso;

  • Atividades de proteção das pessoas necessitadas e fornecimento de alimentos ou sextas básicas estão sendo realizadas pela Fazenda da Esperança, Pastoral da Criança, Projeto Madre Teresa de Calcutá, Pastoral Carcerária, Grupo de Evangelização Fazer o Bem sem Olhar a Quem e Grupo Impacto.

  • Os programas radiofônicos de evangelização das diversas paróquias, programas jornalísticos da Rádio Espinharas e o programa Palavras de Fé, do bispo diocesano, têm levado informações relevantes e especialistas da saúde para orientar à população e prevenir a disseminação da pandemia na região.


A diocese de Patos tem a clareza de que novos serviços e iniciativas podem ser tomadas, dependendo das demandas e de acordo com a dinâmica da pandemia.


A defesa da vida é a missão primeira da igreja. Em pandemia ou nas diversas situações  de desespero,  a igreja tem sempre levado esperança.

0 visualização